in

7 indícios de que os níveis de serotonina estão baixos e por que isso é tão importante

A serotonina é um hormônio que está completamente relacionado ao quão positivos, felizes e de bem com a vida nos estamos. Níveis abaixo do normal dessa substância implica emoções negativas, mas mais ainda: irritabilidade, problemas na alimentação, no sono, desempenho no trabalho e sexual. Além de trazer uma série de sentimentos negativos que podem atrapalhar o indivíduo, podendo desencadear depressão e problemas sérios de saúde.

A serotonina é um neurotransmissor e assim sendo passa mensagens do cérebro de uma área para outra com velocidade e facilidade. Mais de 40 milhões de células no órgão mais importante do nosso corpo sofrem influência direta desse hormônio “da felicidade”. Isso significa que ele afeta diretamente funções fisiológicas e processos psicológicos.

Ou seja, o sono, o estado de espírito, a memória, o desejo, o desempenho sexual, a vontade de comer, o temperatura corporal, os batimentos cardíacos, as habilidades sociais, as funções normais e automáticas do organismo… Desde o sistema nervoso central ao cardiovascular, praticamente todos os processos precisam da influência positiva da serotonina. Uma baixa desse hormônio é sono, pode ser crucial para a mudança completa na vida de alguém.

Os sinais abaixo indicam uma baixa na serotonina no corpo da pessoa. É importante dar especial atenção para não desencadear problemas muito maiores.

1. Ingestão compulsiva de doces, gordura e carboidratos
É uma necessidade de compensação. Ao comer uma enorme quantidade desses alimentos, há um leve aumento da serotonina, mas diminuição que acontece depois é muito drástica os sentimentos negativos acompanhados, além da sonolência, são muito latentes.

2. Insônia
A serotonina é o que possibilita a transformação do hormônio do sono, a melatonina. Um descontrole nela impacta diretamente na nossa disposição para dormir.

3. Ansiedade

Níveis baixos nessa substância nos fazem ficar ansiosos com mais frequência, aumentando com frequência os batimento cardíacos, tornando ataques e pânico algo muito comum.

4. Déficit de cognição

Quem tem o nível de serotonina muito baixo não consegue memorizar bem e tem uma dificuldade criativa muito acima do normal.

5. Problemas no sistema digestivo
É importante definir que o tono o nosso aparelho digestivo tem uma independência enorme e que nosso intestino concentra uma enorme quantidade de serotonina. Uma queda no nível dessa substância afeta diretamente nosso apetite, prejudicando também a digestão como um todo.

6. Cansaço extremo

Quanto mais fadigados, menor a liberação de serotonina, quanto menor a liberação de serotonina, mais fadigados. É uma bola de neve.

7. Baixa na libido
A libido é o que define nosso apetite sexual. Quando a serotonina está em baixa, nós vamos perdendo a vontade de estarmos com um parceiro e não temos mais conexão emocional, além das dificuldades físicas para realizarmos uma atividade sexual.

Como aumentar os níveis de serotonina?
Não é impossível aumentar os níveis desse hormônio no corpo de forma natural — sem a necessidade de fazer uso de medicamentos. As mudanças são graduais e não automáticas e dependem de mudança de hábito e sacrifício, mas são possíveis.

Elas são:

– Praticar esportes recreativos que proporcionem prazer;

– Investir numa alimentação bem concentrada de proteínas. Comer também verduras, frutas, legumes e cereais integrais para ajudar o cérebro a sintetizar triptofano, por meio do açúcar presente nesses alimentos;

– Deixe de lado produtos industrializados e processados, carregados de gorduras saturadas e açúcares;

– Aumentar a ingestão de ômega 3 para facilitar o funcionamento do cérebro;

– Diminuir o uso de cafeína;

– Dormir bem e gastar um tempo especial com o sono;

– Ingerir ingredientes que tenham as vitaminas do grupo B;

– Sair ao sol e passar um tempo ao ar livre;

– E, por fim, meditar (ou praticar mindfulness).

Mesmo assim, sabendo todas as formas e adotando-as, é importante ir ao médico e pedir uma avaliação em relação às condições que o nível baixo de serotonina pode ter provocado ao seu corpo e confirmar se esse é o problema real ou um sintoma de outra coisa por trás.

Vimos em perfeito.guru