7 remédios caseiros para aliviar a dor de dente

A dor de dente é um problema bastante comum, mas isso não significa que você não deva dar importância a ela. Esse sintoma sempre indica que existe algum problema na saúde bucal, que pode ser uma cárie, uma retração da gengiva, uma inflamação ou uma infecção.

O ideal é que você procure um dentista para receber o diagnóstico e o tratamento adequado. Porém, se você ainda vai precisar esperar algumas horas para buscar atendimento profissional, é possível aliviar a dor de dente com estes 7 remédios caseiros:

1. Água morna salgada

Misture 1 colher de sopa rasa de sal em 1 copo de água morna para fazer um enxaguante bucal. O bochecho com essa mistura ajuda a reduzir o inchaço da gengiva inflamada porque o cloreto de sódio tem poder antisséptico e a temperatura da água ajuda a drenar os líquidos que formam o edema.

2. Alho

O alho é conhecido por fortalecer o sistema imunológico e também pode nos ajudar a aliviar a dor de dente em função de suas propriedades antibióticas e anti-inflamatórias. Para utilizá-lo, triture dois dentes de alho para extrair seu suco e aplique-o sobre o local dolorido.

3. Cebola

A cebola tem propriedades anti-inflamatórias e antissépticas, por isso ela pode aliviar momentaneamente a dor de dente. Para isso, basta mastigar um pedaço de cebola ou esfregá-lo sobre o dente dolorido até liberar o suco.

4. Cravo-da-índia

O eugenol, como é chamado o óleo essencial do cravo-da-índia, tem efeito anestésico, por isso ele causa adormecimento na gengiva inflamada e alivia a dor. Você pode utilizá-lo de três formas:

Pasta: misture uma colher de chá de cravo-da-índia moído ou em pó na mesma medida de azeite ou óleo de coco e aplique sobre o local dolorido;
Cravo inteiro: coloque dois cravos-da-índia próximos ao dente e aguarde o efeito anestésico. Você pode mastigá-los para acelerar a liberação do eugenol;
Óleo essencial: se você tiver o eugenol em casa, misture 3 gotas em uma colher de chá de azeite de oliva e aplique diretamente no dente dolorido com o auxílio de um cotonete.

5. Gelo

Colocar uma pedra de gelo na boca ou fazer uma compressa fria na região afetada também pode proporcionar um alívio momentâneo nos casos de inflamação e infecção. Isso acontece porque as temperaturas baixas reduzem o fluxo de sangue para o local, de forma a combater o inchaço.

Contudo, se a dor for causada por uma retração gengival, que deixa a raiz exposta, a exposição a temperaturas mais altas ou mais baixas vai piorar o quadro, pois o dente estará muito sensível.

6. Hortelã

Assim como o cravo-da-índia, a hortelã também auxilia no combate à dor devido aos benefícios proporcionados pelo seu óleo essencial, que é analgésico, anti-inflamatório e antisséptico.

Para aproveitá-los, você pode mascar algumas folhas de hortelã frescas ou utilizá-las para fazer um chá na proporção de uma colher de sopa para cada xícara de água. Deixe o chá gelar para que ele também tenha efeito refrescante e reduza o inchaço.

Leia também: 8 alimentos inocentes que podem prejudicar seus dentes

7. Própolis

O própolis concentrado tem ação bactericida e anti-inflamatória, por isso ele é um bom remédio caseiro para a dor de dente. Vale lembrar que o mel não vai apresentar esse efeito, pois a concentração de própolis não será suficiente.

É essencial consultar seu dentista

Embora os remédios caseiros possam oferecer um alívio momentâneo à dor de dente, eles não devem substituir as orientações e os tratamentos feitos por um dentista. Dessa forma, você só deve recorrer a eles quando precisa aguardar para ser atendida – à noite ou no fim de semana, por exemplo.

Uma cárie ou uma inflamação na gengiva, que são causas comuns para a dor, são portas de entrada para bactérias que podem provocar infecções bastante sérias, como o abscesso dentário – uma complicação capaz de atingir os ossos maxilar e mandibular e causar a perda do dente se não for devidamente tratada.

Portanto, uma dor de dente é sempre motivo para fazer uma visita ao dentista – hábito que você deve manter pelo menos duas vezes por ano mesmo que não tenha dores. Ter bons hábitos de higiene bucal, garantindo a escovação e o uso do fio dental depois de todas as refeições, é a melhor forma de prevenir problemas bucais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO