A Dona do Pedaço: Maria da Paz descobre que Josiane é uma assassina

Nos próximos capítulos Josiane será levada presa pelo assassinato de Jardel (Duio Botta). Ao descobrir que a filha é uma assassina, Maria da Paz acabará passando mal e será levada para um hospital.

Amadeu (Marcos Palmeira) pensará que a boleira teve um ataque cardíaco, devido a gravidade de sua reação, mas ao chegar ao hospital, encontrará Maria da Paz já acordada.

Lá, ele explicará sobre a difícil situação de Josiane. “Eu fiquei tão desesperada, Amadeu. Eu sempre fui dona de mim mesma, mas saber que a Josiane foi presa, acusada de assassinato, é demais pra mim”, lamentará a boleira, aos prantos. “Me diz… Que ela é inocente. Que é um grande engano”, implorará ela, segundo informações do site Notícias da TV.

“Não é. Ela matou o Jardel [Duio Botta]. A polícia tem uma foto, o que complica demais a defesa dela. O outro… O garoto de programa, Lucas [Kainan Ferraz]… Ela matou também e tentou matar o Téo [Rainer Cadete]”, explicará o mocinho.

Amadeu ainda explicará que não sabe como agir em defesa da filha. “A lei tem muitas brechas. Eles têm uma prova, é certo que a Josiane vai ser condenada”, falará ele. “Eu mimei a Josiane demais. Gastei tanto com colégio caro, com vida boa, pra quê?”, perguntará a personagem de Juliana Paes, inconsolável.

“Mas eu posso usar algumas atenuantes, prova só há de um crime. E eu posso falar com o Téo, pedir para que ele não deponha… Do jeito que pode depor. Mas é justo?”, questionará o pai da assassina.

“A Josiane tem que pagar pelo que fez”, falará a protagonista. “Mas como advogado, eu devo tentar o melhor, devo tentar livrar minha cliente. Seja minha filha ou não”, dirá Amadeu. “Busque os caminhos da justiça, Amadeu”, pedirá a boleira.

Maria da Paz ainda dirá sonhar com uma redenção da filha. “Eu ainda não desisti. Eu vou melhorar a Josiane. Essa é minha tarefa. Eu como mãe, tenho que salvar minha filha do mal que ela tem dentro dela”, falará ela na novela da Globo.

Fonte: Resumos Das Novelas

DEIXE SEU COMENTÁRIO