Após Lexa acusar equipe de Pitty de grosseria em evento, cantora baiana rebate: “Cansei de passar pano”

Após muita repercussão nas redes sociais, Pitty decidiu se pronunciar e falar o que pensa da polêmica com a cantora Lexa.

Em um comentário no seu Instagram, a rockeira já tinha declarado que estavam querendo “caçar confusão onde não tem”. Mas, com a insistência dos seguidores falando que ela não tinha “sororidade”, Pitty voltou a falar sobre o caso.

“Sororidade seria ela ter vindo falar diretamente comigo caso algo realmente tivesse acontecido, e não me exposto sem fundamento. Não teve machismo. Ela estava numa área que não podia ficar por conta de fiação e segurança. Minha equipe tentou levá-la para o outro lado do palco, onde era seguro, e ela entendeu errado. Como a mesma já disse, foi um mal entendido”, escreveu em um comentário no Instagram.

Pitty também ressaltou que, para ela, o assunto está encerrado. “Cansei de ficar aqui tentando proteger ela e passar pano para uma atitude antiprofissional e que gerou essa confusão toda. Isso, sim, é sororidade. E agora, chega. Eu vivo há mais de 16 anos de música e não de polêmica. Beijos de luz (Podem ler e sacar a história porque depois vou apagar mesmo. Tô de saco cheio e tenho mais o que fazer)”, concluiu.

Entenda a polêmica 

Uma polêmica envolvendo Lexa e Pitty tomou conta das redes sociais neste final de semana. Na sexta-feira, 15, as duas se apresentaram em uma festa universitária em São José dos Campos, interior de São Paulo.

O que causou o alvoroço foi Lexa ter interrompido o próprio show para relatar uma atitude “muito grosseira” da equipe de Pitty. Segundo o colunista Léo Dias, Lexa foi expulsa enquanto tentava assistir ao show da rockeira, mas não foi isso que a incomodou.

Lexa disse que sua indignação era devido ao fato da equipe de bombeiros ter sido maltratada. “Tiveram que mudar de lugar para a Pitty poder fazer o show. Sinceramente. Eram duas mulheres, bombeiras, que estão aqui no canto, e que merecem respeito. Eu não estou aqui por mim não, estou por elas”, afirmou.

VEJA:

Fonte: Metropolitana

DEIXE SEU COMENTÁRIO