Gloria Maria fala sobre cirurgia de emergência no cérebro: “Bati com a cabeça na quina da mesa”

Nesta segunda-feira, 18, Gloria Maria decidiu usar seu Instagram oficial para falar abertamente sobre a cirurgia de emergência no cérebro que fez para retirar uma lesão.

“Queridos! Esta foto não tem produção. Não tem maquiagem. Não tem luz boa nem filtro. É vida! É para agradecer o amor de todos vocês que torceram por mim neste momento realmente difícil! Não tenho assessoria de imprensa! Texto meu! Direto do meu coração. Dividindo com vocês o que realmente aconteceu”, começou o texto.

Retrospectiva 2017 ¿ Glória Maria e Sérgio Chapelin gravam a Retrospectiva 2017.

Gloria explicou que tudo aconteceu após sofrer uma queda em sua residência. “Desmaiei na minha casa, do nada, na madrugada de sábado 3/11. Bati com a cabeça na quina da mesa de vidro e machuquei. Fui ao hospital costurar e os exames para saber a causa do desmaio mostraram um tumor no meu cérebro que iria me matar silenciosamente a qualquer momento”, narrou.

“Mas o tumor formou um edema em volta dele que inflamou e me fez desmaiar. A primeira ajuda de Deus. Estava com uma bomba relógio já acionada no meu cérebro”, continuou.

A jornalista ainda acrescentou: “Mas Deus tenho certeza agora gosta de mim. Enviou o mensageiro DR. Paulo Niemeyer para me resgatar. Ele montou uma operação de guerra. Corrida contra o tempo! 6h de cirurgia. CTI. Sobrevivi! Hoje acredito em milagre!! Ainda tenho um caminho a percorrer. Mas estou inteira. Viva!!”.

Gloria também já deu sua previsão de volta ao trabalho. “Nenhuma consequência, esta foto uma das minhas filhas fez hoje com todo amor para vocês. Segundo o Dr Paulo Niemeyer em 3 semanas volto ao Globo Repórter”, disse.

“Do fundo da minha alma quero dizer obrigada a vocês. Fui salva também pela energia pura e verdadeira que vocês me enviaram! Estou forte, tranquila e feliz. Inúmeras descobertas! Aprendendo muito. Agradecendo a cada segundo a benção de estar. Viva! Amo vocês que compartilham só com amor este espaço”, encerrou.

Fonte: Metropolitana

DEIXE SEU COMENTÁRIO